10 razões para amar a Ellen DeGeneres

Posted by under Noticias
Rate this post

É uma das 50 mulheres mais poderosas do mundo segundo a Forbes e pode-se dizer que também a coisa mais próxima a uma fonte de energia humana que o mundo já conheceu, nunca. E é que Elen DeGeneres é empresária, cantora, dubladora, ativista dos direitos LGBTI, pela ecologia… Sua mão segurava o celular, que fez a foto mais retuiteada da história e, graças a um humor ácido, mas simpática, tem conquistado os telespectadores norte-americanos e, de passagem, ao mundo inteiro. Hoje recolhemos 10 razões por que, se não fizer isso, você deve amá-la.


Foto: GtresOnline.


1. Em 1997, Ellen DeGeneres fez pública a sua homossexualidade e nem o público nem a indústria reagiram muito bem: eles começaram a chamá-la de Ellen DeGenerate e seus contratos foram diminuindo gradativamente até que, no ano de 2001, propuseram apresentar os Emmy awards. Aceitou, apesar do enorme desafio que deveria fazê-lo dois meses depois dos atentados do 11-S e, depois de anos com trabalhos menores na tela. Ao chegar ao palco, disse que “É importante que eu esteja aqui. O que poderia perturbar mais os talibãs que uma lésbica em traje rodeada de judeus?”. E ressurgiu das cinzas em que a tinham enterrado tantos preconceitos.


2. Sua principal concorrente na grade televisiva americana, Oprah Winfrey, é outra mulher, pertencente a uma minoria, no caso racial, nos Estados Unidos. Durante meses, Ellen fez campanha em seu programa para ser a garota da capa Ou, a revista de Oprah. Até então, a única pessoa que havia aparecido junto a Oprah na capa de sua revista havia sido Michelle Obama.


3. Sua foi a iniciativa de tomar, na edição do Oscar de 2014, o selfie mais retuiteado da História (superou o milhão de retweets em 40 minutos). Nele aparecem muitos dos candidatos daquele ano: Bradley Cooper, Jennifer Lawrence, Lupita Nyong’ou, Julia Roberts, Meryl Streep (…) O encarregado de assumir a foto foi Bradley Cooper e a ela também se uniram Kevin Spacey, Brad Pitt, Angelina Jolie e o irmão de Lupita Nyong’ou.


4. Ele dá voz ao peixe mais adorável de todos os tempos: a Dory de Procurando Nemo, agora protagonista de” Procurando Dory. O filme contém os primeiros piscadelas de história da Disney, a comunidade LGBTI, do qual Ellen é uma das grandes vozes. Trata-Se de uma arraia que mudou de sexo entre Procurando Nemo ao desta nova entrega e um casal de meninas com um bebê.


5. Por seu discurso no People’s Choice Awards, em que ganhou um prêmio por seu compromisso e seu trabalho humanitário. A apresentadora aproveitou o momento para reivindicar a diferença e para apoiar todos aqueles que alguma vez foi vítima de preconceito por ser diferentes, em um discurso que rapidamente se tornou viral.


6. Por seu casamento com Portia de Rossi, com quem se casou em 2008, em sua casa de Los Angeles.


7. Porque o seu programa The Ellen DeGeneres Show, que começou a ser exibida no ano de 2003, deixou-nos uma enorme coleção de entrevistas memoráveis (todos, todos passaram pelo sofá do estúdio de Ellen) e de momentazos que nos fizeram rir. E, por isso, o Youtube está cheio de compilações dos melhores momentos do programa, como esta.


8. Porque é uma dessas pessoas que representam o ideal do sonho americano que diz que com trabalho e esforço tudo se consegue. E por isso, como muitas outras celebridades, teve empregos não têm nada a ver com os focos e os flashes antes de estar diante deles, como assessora legal ou garçonete. E neles baseada, precisamente, muitos de seus primeiros monólogos e peças de humor.


9. Ellen soube fazer do seu estilo, uma de suas marcas de identidade. Em 2007, rejeitou olhar um vestido para a capa de uma revista de moda internacional, demonstrando assim que sua transbordante bondade e seu humor não são incompatíveis com a firmeza.


10. E porque a revista Forbes aponta como uma das 50 mulheres mais poderosas do mundo e não o conseguiu graças à empresa ou à política, mas o humor, a reivindicação da diferença e um dos sorrisos mais francas da pequena tela.